Bombardier anuncia acordo com a JETEX para nova linha de manutenção em Dubai

Bombardier anuncia acordo com a JETEX para nova linha de manutenção em Dubai …

Bombardier anuncia acordo com a JETEX para nova linha de manutenção em Dubai

A fabricante canadense Bombardier anunciou um contrato com a empresa JETEX para o estabelecimento de uma nova estação de manutenção de linha em Dubai, complementando ainda mais os serviços fornecidos no Oriente Médio e ao redor do mundo. A unidade oferecerá inicialmente serviços de revisão não programados e construirá atividades de manutenção programada nos próximos meses. Os engenheiros técnicos que dão suporte são certificados para todos os jatos executivos da série Challenger e Global, incluindo a nova versão Global 7500. A introdução da estação em Dubai ocorre após o anúncio dos principais aprimoramentos ao cliente da Bombardier em todo o mundo, incluindo um novo centro de atendimento no Aeroporto de Miami/Opa Locka, uma grande expansão do centro de serviços de Cingapura no Parque Aeroespacial de Seletar, a adição de cinco novos caminhões à rede da Equipe de Resposta Móvel (MRT) em todos os EUA; uma nova estação de manutenção no Aeroporto de Paris/Le Bourget, reforçando as ofertas de serviços ao cliente na Europa e a adição de uma aeronave dedicada Challenger 300 com sede em Frankfurt, na Alemanha, para fornecer peças adicionais de remessa e resposta aos operadores de aeronaves na região.

Fonte: Revista FLAP

Gulfstream anuncia novo recorde obtido pelo jato executivo G550

Gulfstream anuncia novo recorde obtido pelo jato executivo G550 …

Gulfstream anuncia novo recorde obtido pelo jato executivo G550

A fabricante Gulfstream Aerospace anunciou que o jato executivo G550 demonstrou alto desempenho estabelecendo recentemente um novo recorde de velocidade entre pares de cidades, conectando Xangai a Seattle em 10 horas e 29 minutos. A aeronave partiu do Aeroporto de Shanghai Hongqiao às 14h09, hora local, em 19 de abril, e chegou ao Aeroporto Boeing Field, em Seattle, às 9:38 da manhã, completando o voo de 5.123 milhas náuticas/9.487 quilômetros em Seattle, a uma velocidade média de Mach 0,85. Equipado com dois motores Rolls-Royce, o G550 tem um alcance máximo de 6.750 nm/12.501 km em sua velocidade de cruzeiro de longo alcance Mach 0.80. Até a aprovação da Associação Nacional de Aeronáutica dos EUA, o registro da operação será enviada para a FAI, na Suíça, para reconhecimento como recorde mundial.

Fonte: Revista FLAP

Aeroporto de Istambul adota soluções tecnológicas da SITA

Aeroporto de Istambul adota soluções tecnológicas da SITA …

Aeroporto de Istambul adota soluções tecnológicas da SITA

O Aeroporto Sabiha Gökçen de Istambul contratou a provedora de TI global SITA para fornecer uma reformulação de tecnologia que permitirá ao terminal gerenciar melhor cada aspecto de sua operação. A empresa modernizará o software já existente, que consiste em um conjunto de aplicativos integrados projetados para gerenciar com eficácia as operações aeroportuárias, para fornecer acesso a dados em tempo real para melhor prever, planejar e gerenciar as atividades. Isso dará à administração uma visão geral melhor das operações, resultando em tomadas de decisão proativas e coordenadas. Uma mudança importante será a capacidade de automatizar o sistema de gerenciamento de recursos do aeroporto. Isso significa que o equipamento e as pessoas certas são automaticamente identificadas e colocadas nos lugares certos e na hora exata, com base em cenários predeterminados, como a chegada de uma aeronave ao portão. Como parte da reformulação, a SITA atualizará o sistema de exibição de informações de voo que é executado em 436 telas nos terminais. Mais de 200 estações de uso comum onde as companhias aéreas podem compartilhar a mesma infraestrutura de check-in e embarque também serão atualizadas. A modernização da tecnologia será vital para apoiar a expansão do aeroporto, que inclui a abertura de uma segunda pista no final deste ano, aumentando a capacidade para 41 milhões de passageiros/ano.

Fonte: Revista FLAP

CINDACTA III sedia Terceira Jornada Técnica de Gerenciamento de Tráfego Aéreo

CINDACTA III sedia Terceira Jornada Técnica de Gerenciamento de Tráfego Aéreo …

CINDACTA III sedia Terceira Jornada Técnica de Gerenciamento de Tráfego Aéreo

O Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III), localizado em Recife/PE, sediou a Terceira Jornada Técnica de Gerenciamento de Tráfego Aéreo (ATM) – JOTA, entre os dias 7 e 9 de maio. O evento contou com a participação das delegações de países como Angola, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe. Um dos assuntos apresentados foi a obtenção de apoio destes países nas reuniões da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), nos assuntos de interesse do DECEA, que envolvam a segurança da navegação aérea, além da disposição do Brasil e de Portugal em estudar meios para contribuir com os países africanos, na melhoria dos serviços prestados em seus países. Os participantes assumiram o compromisso de incentivar junto às respectivas organizações a realização periódica (anual e por ordem alfabética do nome dos países participantes) das Jornadas Técnicas ATM, promovendo dessa forma, os seus objetivos e as boas práticas no setor da navegação aérea, em prol do incremento da qualidade dos serviços prestados e da segurança operacional. Criada em Lisboa em setembro de 2017, a jornada se configura como um fórum privilegiado de discussão e compartilhamento de experiências, com vista ao estreitamento de laços de cooperação e ao aprofundamento de relações institucionais entre os Prestadores de Navegação Aérea dos países de língua portuguesa. Os objetivos são o incentivo de boas práticas no âmbito da segurança operacional, a promoção e o desenvolvimento das relações entre os seus membros, por meio de projetos nos domínios da navegação aérea, a formação e o aperfeiçoamento profissional, além de reflexões de temas e questões de interesse comum. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: Paulo Berger

Fonte: Revista FLAP

Viva Air iniciará rota entre Cartagena e Lima em junho

Viva Air iniciará rota entre Cartagena e Lima em junho …

Viva Air iniciará rota entre Cartagena e Lima em junho

Como parte de seu plano de expansão na região, a companhia aérea de baixo custo Viva Air anunciou o início da venda de bilhetes para a sua nova rota internacional entre Cartagena e Lima por US$ 224 em passagens de ida e volta, através do portal www.vivaair.com . Os voos começam a partir de 7 de junho deste ano. Com a inauguração, haverá três linhas que a empresa conectará a Colômbia com o Peru, juntamente com a operação entre Bogotá e Lima e entre a capital colombiana com Medellín e Lima. A Viva Air projeta que no primeiro ano da nova opção, mais de 60.000 passageiros sejam transportados. Este novo itinerário terá quatro voos semanais às segundas, quartas, sextas-feiras e domingos com aeronaves Airbus A320.

Fonte: Revista FLAP

Os 14 passageiros nas aeronaves estavam à bordo do navio Royal Princess, da Princess Cruises

Colisão de aviões turísticos no Alasca deixa seis mortos …

Os 14 passageiros nas aeronaves estavam à bordo do navio Royal Princess, da Princess Cruises

Seis pessoas morreram na tarde da última segunda (13) após dois aviões turísticos colidirem na costa do Alasca (EUA). Na noite de ontem (terça-feira), a guarda costeira encontrou os corpos de duas pessoas, mas ainda há desaparecidos. As informações são do The Washington Post

Os quatro passageiros e o piloto do hidroavião DHC-2 Beaver de Havilland morreram. Com a colisão, uma pessoa que estava no Lontra DHC-3 não resistiu.

Os 14 turistas que decolaram nas duas aeronaves estavam à bordo do navio Royal Princess, da Princess Cruises, que ia de Vancouver para Anchorage em um roteiro de sete dias. Uma pessoa está internada em estado crítico.

“Estamos profundamente tristes com o trágico acidente de avião em Ketchikan ontem e estamos oferecendo suporte às investigações das autoridades, bem como para os companheiros de viagem dos envolvidos. Imediatamente ativamos a equipe de cuidado da Princess na região e vamos atualizá-los com informações assim que as tivermos”

*Fonte: https://www.washingtonpost.com/nation/2019/05/14/five-dead-one-missing-after-sightseeing-planes-collide-alaska-cruise-line-says/?noredirect=on

Aeronave E190-E2, da Embraer

Embraer tem prejuízo de R$ 160 milhões no 1T19 …

Aeronave E190-E2, da Embraer

A Embraer acaba de divulgar seus resultados do primeiro trimestre de 2019, período em que foram entregues 11 aeronaves comerciais e 11 executivas. O resultado operacional (EBIT) aproximado entre janeiro e março foi de R$ 53,7 milhões — em 2018, o valor foi de R$ 27,7 milhões.

Quanto a carteira de pedidos firmes e entregas, foram US$ 16 bilhões, contra um prejuízo líquido de R$ 160,8 milhões, alta de 23% na comparação anual. O uso livre de caixa foi de R$ 2.495,1 milhões, enquanto a dívida líquida estava em R$ 4.300,7 milhões ao final de março. As estimativas e entregas para este ano permanecem as mesmas.

BOEING

A parceria entre a Boeing e a Embraer é aprovada por 96,8% dos acionistas da companhia. O fechamento da operação entre as duas depende de aprovações regulatórias e condições de fechamento que devem acontecer até o fim de 2019.

Fonte: PANROTAS

Iata suspende emissões da Avianca Brasil …

A Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata) emitiu há pouco um comunicado suspendendo a comercialização de passagens aéreas da Avianca Brasil (O6 247).

No texto, a associação pede que os agentes de viagens do BSP suspendam imediatamente as atividades de emissão de bilhetes em nome da companhia, incluindo o uso de quaisquer sistemas automatizados de processamento de reembolsos.

A Iata orienta ainda que os agentes de viagens liquidem todas as contas em aberto, incluindo vendas pendentes e reclamações de reembolso, assim como quaisquer transações futuras, diretamente com a equipe comercial da Avianca Brasil.

Veja abaixo o comunicado da Iata na íntegra:

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata – International Air Transport Association) confirma que suspendeu a companhia aérea brasileira Ocean Air, que opera como Avianca Brasil (O6/247), do Bank Settlement Plan (BSP) da Iata no dia 14 de maio de 2019.

Isto ocorreu logo após a Ocean Air ter sido suspensa da Iata Clearing House (ICH) no dia 8 de maio de 2019.

As duas decisões foram tomadas com base nos regulamentos do BSP e da ICH, após a não liquidação dos valores pendentes.

BSP
O BSP é um sistema desenvolvido para facilitar e simplificar os procedimentos de vendas, elaboração de relatórios e remessas dos agentes de vendas a passageiros credenciados da Iata, e melhorar o controle financeiro e o fluxo de caixa da BSP Airlines.

O BSP é um sistema global, com operações em cerca de 180 países e territórios. Atualmente, o sistema atende a mais de 370 companhias aéreas participantes, com a taxa de liquidação sem atraso de 99,999%.

Em 2017, o BSP da Iata processou US$ 236,3 bilhões.

ICH
A ICH fornece serviços de faturamento e liquidação rápidos, seguros e de baixo custo em várias moedas para o setor de transporte aéreo.

Além disso, permite que companhias aéreas do mundo todo e seus fornecedores associados paguem suas contas relacionadas ao transporte de passageiros, cargas, UATP e outras não relacionadas a transporte utilizando os sistemas set-off/netting, reduzindo assim os custos e riscos e aumentando a velocidade dos processos.

A ICH também oferece um sistema de disputa de contas e proteção em caso de inadimplência, falência e interrupção de operações.

Seu faturamento anual é de aproximadamente US$ 56 bilhões, com a taxa de liquidação de 100%. Nos últimos 3 anos, seus serviços foram fornecidos a mais de 430 associados.

Atualizado às 15/05/2019 19h42

Fonte: PANROTAS