TAP Portugal totaliza 100 aeronaves na frota pela primeira vez

TAP Portugal totaliza 100 aeronaves na frota pela primeira vez …

TAP Portugal totaliza 100 aeronaves na frota pela primeira vez

A companhia aérea TAP Portugal registrou um marco histórico nos seus 74 anos de vida, totalizando pela primeira vez 100 aviões na sua frota, depois da chegada de mais um jato A330-900neo. A renovação com 71 novos aviões previstos para entrega até 2025, é um dos pilares do plano estratégico dos novos acionistas, apresentado quando da privatização em 2015 e aprovado pelo Estado Português. É nestes aviões de última geração, com mais oferta de lugares e menores custos, que assenta grande parte do processo de transformação e modernização da empresa. Os novos modelo permitem abrir novas rotas e diversificar as fontes de receita da TAP. A companhia continuou a crescer no Brasil, mercado onde mantém a liderança das ligações para a Europa, com um aumento de 22,8% de passageiros transportados entre 2015 e 2018, mas também apostou em força no mercado do Atlântico Norte, onde o crescimento de viajantes no período foi de 176,5%, acompanhando uma oferta de lugares que praticamente quadruplicou em quatro anos. Foto: Renato Oliveira

Fonte: Revista FLAP

JadLog cresce nos segmentos farmacêutico e de cosméticos

JadLog cresce nos segmentos farmacêutico e de cosméticos …

JadLog cresce nos segmentos farmacêutico e de cosméticos

Os setores farmacêutico e de cosméticos são duas áreas nas quais o volume de entregas expressas vem crescendo nos últimos anos, impulsionadas pelo e-commerce. A Jadlog, uma das transportadoras de cargas expressas fracionadas e um dos principais operadores logísticos do comércio eletrônico do País, tem acompanhado esse movimento e ampliou sua atuação no atendimento aos dois setores. O transporte de medicamentos e cosméticos, que representa 9% do volume total de encomendas, alcançou cerca de 600 mil volumes entregues apenas nos quatro primeiros meses de 2019. É nesse contexto positivo que a JadLog participa da Logitech Science, feira voltada à cadeia logística de produtos farmacêuticos e cosméticos, que se realiza até o próximo dia 23 de maio, no São Paulo Expo. Transportadora especializada, que possui licença de operação junto à ANVISA e cujos terminais de cargas seguem as especificações do órgão regulador, a Jadlog atende hoje inúmeras empresas farmacêuticas e de cosméticos, incluindo Avon, Herbalife, Natura e Drogaria Araújo.

Fonte: Revista FLAP

Programa FedEx para pequenas empresas abre inscrições no Brasil

Programa FedEx para pequenas empresas abre inscrições no Brasil …

Programa FedEx para pequenas empresas abre inscrições no Brasil

A companhia aérea de logística FedEx Express anunciou que as inscrições para a edição brasileira do programa para pequenas empresas estão abertas até o próximo dia 10 de junho. O vencedor receberá R$ 100.000 e o segundo colocado R$ 40.000. Os premiados também receberão mentoria de negócios. O concurso visa ajudar empresas com até 99 funcionários a desenvolver seu potencial de exportação. Esta é a terceira edição do concurso no Brasil. Para participar, os candidatos devem se inscrever no portal www.fedex.com/br/programafedex. Os finalistas serão convidados a fornecer um vídeo detalhando seus planos para se tornarem globais, incluindo sua visão estratégica para o futuro e destacando seus padrões éticos. Os participantes serão avaliados por um painel de especialistas de negócios. O vencedor e o segundo colocado serão anunciados em 1º de julho de 2019. O ganhador da última edição foi a Estante Mágica, uma plataforma educacional que trabalha com escolas para transformar crianças em autores. Na primeira edição, o vitorioso foi a Livre – Soluções em Mobilidade, empresa que transforma cadeiras de rodas em triciclos motorizados elétricos.

Fonte: Revista FLAP

United revela desenhos vitoriosos de artistas do sexo feminino para a pintura de aeronaves

United revela desenhos vitoriosos de artistas do sexo feminino para a pintura de aeronaves …

United revela desenhos vitoriosos de artistas do sexo feminino para a pintura de aeronaves

A companhia aérea United Airlines revelou os dois designs vencedores selecionados por meio de uma combinação de julgamento oficial e votação pública, para o concurso inédito projetado para encontrar e elevar artistas mulheres sub-representadas, proporcionando uma chance de ter seu trabalho pintado em uma aeronave da transportadora. Enquanto 51% dos artistas de hoje são mulheres, menos de 13% da arte em exibição nos museus é de mulheres artistas, de acordo com o Museu Nacional de Mulheres nas Artes. Ter seus desenhos pintados em um Boeing 757 fornece aos artistas uma tela de viagem que voa em média 1,6 milhão de milhas por ano e 476 viagens pelo país. Tsungwei Moo, de São Francisco, foi selecionada por seu design que representa marcos icônicos, bem como as palmeiras e o oceano, que são sinônimos do estado da Califórnia. Em nome de Nova York/Nova Jersey, Corinne Antonelli foi a vencedora, com um design que mostra um globo que sinaliza a conectividade mundial da United e imagens clássicas dos dois estados, incluindo o New Jersey Mill, o horizonte de Nova York. e a Estátua da Liberdade. Os dois vencedores serão orientados por artistas renomados antes de uma aeronave por região ser pintada neste outono. Os comtemplados, juntamente com os principais finalistas, terão a oportunidade de exibir suas obras de arte nos terminais da United durante o restante de 2019, com seus quadros disponíveis para compra.

Fonte: Revista FLAP

Demanda doméstica cresce 0,8% em abril

Demanda doméstica cresce 0,8% em abril …

Demanda doméstica cresce 0,8% em abril

A Agência Nacional de Aviação Civil anunciou que a demanda doméstica registrou aumento de 0,8% no último mês de abril, comparada com o mesmo mês de 2018. Foram transportados 7,3 milhões de passageiros pagos, representando variação positiva de 0,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. A oferta registrou queda de 1,0%. Nos quatro primeiros meses do ano, a demanda acumulou alta de 3,5% e a oferta apresentou crescimento acumulado de 2,4%. Em abril de 2019, a Avianca apresentou redução em sua demanda na ordem de 45,5%. Azul, LATAM e Gol apresentaram crescimento, de 23,6%, 4,4% e 4,4%, respectivamente. A Gol apresentou 35,3% de participação no mercado doméstico e a LATAM obteve 33,4%, representando variações de 3,6%, na comparação com o mês de abril de 2018. A Azul alcançou participação de 23,2% no mês, enquanto a Avianca respondeu por 7,8% da demanda doméstica. Assim, a participação das empresas concorrentes das duas líderes foi de 31,3% em abril de 2019, que representou redução de 7,1% na comparação com o percentual apurado em igual mês do ano anterior. Em abril deste ano, a taxa de aproveitamento foi de 81,9%, o que representou alta de 1,8% frente ao mesmo mês do ano anterior. O aproveitamento nos quatro primeiros meses do ano foi de 82,5%, com variação positiva de 1,1% em relação ao mesmo período de 2018. Em abril, a demanda internacional das empresas brasileiras apresentou aumento de 1,5% enquanto a oferta diminuiu 0,7%. No mês, foram transportados 709 mil passageiros pagos em voos internacionais. No acumulado de janeiro a abril de 2019, a demanda internacional cresceu 8,6% e a oferta aumentou 9,8%, em comparação com igual período do ano passado. A empresa LATAM encerrou o mês de abril com 73,6% de participação e alta de 7,9%. Já a Azul obteve 14,2% de participação e queda de 6,2% em comparação a abril de 2018, enquanto a Gol alcançou a fatia de 12,1% (aumento de 37,4%). Em abril de 2019, a taxa de aproveitamento foi de 84,9%, o que representou aumento de 2,2% em relação a abril do ano anterior. Nos quatro primeiros meses do ano, o indicador acumulou baixa de 1,2% na comparação com igual período de 2018, tendo sido apurado em 82,6%. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Fonte: Revista FLAP

Airbus amplia o alcance da Família de jatos A220

Airbus amplia o alcance da Família de jatos A220 …

Airbus amplia o alcance da Família de jatos A220

A fabricante europeia Airbus anunciou que a Família de jatos A220 oferecerá maior alcance a partir do segundo semestre de 2020. O peso máximo de decolagem está confirmado para aumentar em 2.268 kg (2,3 toneladas métricas). O novo MTOW aumentará as respectivas capacidades de alcance máximo para 3.350nm para o A220-300 e 3.400nm para o A220-100, cerca de 450nm mais do que o atual. Esse aumento de desempenho é obtido levando-se em consideração as margens estruturais e de sistemas existentes, bem como a capacidade de volume de combustível. Isso permitirá que as companhias aéreas aproveitem novas rotas que não eram possíveis antes, conectando cidades importantes na Europa Ocidental com o Oriente Médio ou do Sudeste Asiático à Austrália. O modelo possui uma carteira de pedidos de mais de 530 aeronaves até o momento.

Fonte: Revista FLAP

IATA defende fim da política de paridade de importação para combustível que impacta os custos da aviação no Brasil

IATA defende fim da política de paridade de importação para combustível que impacta os custos da aviação no Brasil …

IATA defende fim da política de paridade de importação para combustível que impacta os custos da aviação no Brasil

O diretor geral e CEO da Associação Internacional de Transporte Aéreo, Alexandre de Juniac, visitou o Brasil recentemente para se reunir com vários representantes de alto nível do governo brasileiro e de instituições estatais. A aviação atualmente contribui com cerca de US$ 18,8 bilhões para o PIB anual brasileiro e gera mais de 800 mil empregos no país. Porém, o mercado de aviação no maior país e economia da América Latina tem um grande potencial de crescimento, principalmente em termos de conectividade doméstica e diversificação de conexões internacionais. Para isso, a IATA recomenda eliminar a política de preços de paridade de importação para o combustível de aviação. Embora mais de 90% do combustível de aviação consumido no Brasil seja produzido localmente, devido à política regulatória local, o preço é calculado como se fosse importado do Golfo do México. Além disso, com a falta de concorrência interna no mercado de combustíveis, o custo adicional para as companhias aéreas chega a US$ 300 milhões, o que, por fim, afeta o preço das passagens aéreas. Manter e expandir a política de liberdade tarifária, permitindo que as transportadoras atendam à demanda crescente dos consumidores, que pedem opções e as empresas aéreas estão respondendo a essa demanda oferecendo transparência nos preços e serviços personalizados. A aprovação da Resolução 400 em 2016 no Brasil permitiu que as companhias atendessem a essa demanda. A restrição dessa liberdade provavelmente causaria aumento de custos e menores opções aos consumidores. O Brasil também precisa estar alinhado aos padrões globais de responsabilidade das operadoras aéreas, principalmente em questões como atrasos e cancelamentos de voos por motivos de força maior. A estrutura global foi estabelecida na Convenção de Montreal de 1999 (MC-99), da qual o Brasil é signatário, e cuja participação foi ratificada em 2006. As companhias que operam no Brasil continuam enfrentando um número excessivo de ações judiciais, resultando em danos financeiros e às vezes, danos morais, devido a atrasos e cancelamentos de voos que estão fora do controle da empresa aérea. Esta prática é injusta e aumenta consideravelmente o custo da viagem para todos, pois estes custos precisam ser recuperados. Modernizar o espaço aéreo e os aeroportos brasileiros. Esse processo precisa continuar e, ao mesmo tempo, garantir que os novos modelos de concessão cumpram suas promessas de maior eficiência e menores custos para as transportadoras e viajantes. A privatização dos aeroportos é uma opção viável, mas o modelo atual enfatiza a seleção da proposta que ofereça o maior valor ao governo. O ideal é que os terminais operem como um catalisador para o desenvolvimento econômico das suas comunidades, fornecendo infraestrutura moderna e eficiente a custos razoáveis para as companhias aéreas. Além disso, o gerenciamento do espaço aéreo brasileiro precisa ser mais eficiente de forma contínua para estar mais alinhado às melhores práticas globais. Isto se aplica principalmente à região que cobre o sistema de múltiplos aeroportos de São Paulo. A IATA estima que a demanda global por transporte aéreo dobrará nos próximos 20 anos. Enfrentar os desafios atuais no Brasil pode melhorar o ambiente operacional e regulatório. Isso permitirá que o número total de empregos promovidos pela aviação no país supere a marca de 3 milhões até 2037, com a contribuição de US$ 88 bilhões para o PIB do país e quase 500 milhões de passageiros por ano.

Fonte: Revista FLAP

FAB encerra EXOP Tápio totalizando 1.200 horas de voo em Campo Grande

FAB encerra EXOP Tápio totalizando 1.200 horas de voo em Campo Grande …

FAB encerra EXOP Tápio totalizando 1.200 horas de voo em Campo Grande

A Força Aérea Brasileira concluiu no último dia 17 de maio, a segunda edição do Exercício Operacional Tápio, que ocorreu durante 25 dias, na Ala 5, em Campo Grande/MS. Durante as atividades, foram realizadas mais de 1.200 horas de voo, com envolvimento de 28 Esquadrões Aéreos, 600 militares e 50 aeronaves, entre aviões e helicópteros. A Análise Pós Ação (APA) apresentou os índices de aproveitamento do exercício, bem como impressões do treinamento, pontos positivos e a aprimorar. Cada ação realizada foi aferida, por meios de equipamentos de gravação, sinal de GPS e relatórios. Durante todo o tempo foram levantados dados qualitativos e quantitativos, com o objetivo de revisar ou ratificar as doutrinas já sedimentadas. Em relação ao EXOP Tápio 2018, este ano o exercício contou com algumas novidades. A principal delas foi a inserção das missões aéreas compostas no período noturno, os chamados pacotes COMAO. As ações envolveram diversas aviações e vetores diferentes, buscando aproximar o exercício à realidade de cenário de guerra irregular figurada nas missões de paz da Organização das Nações Unidas (ONU). Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Sgto. Bruno Batista

Fonte: Revista FLAP

Aeroporto de Malta adota sistema de gestão de alta tecnologia da SITA

Aeroporto de Malta adota sistema de gestão de alta tecnologia da SITA …

Aeroporto de Malta adota sistema de gestão de alta tecnologia da SITA

O Aeroporto de Malta instalou modernas telas de exibição de informações de voo em todos os terminais, como parte do recente investimento em melhorar ainda mais a experiência do passageiro em todo o terminal. As novas telas fazem parte de um Sistema de Gerenciamento Aeroportuário (AMS) de última geração, fornecido pela provedora global SITA. O programa de exibição de informações de voo é mais flexível, permitindo que o terminal comunique melhor as informações importantes aos passageiros, como o status do voo e a alocação do portão de embarque, do momento em que eles entram na sala de check-in, até os portões. O AMS fornece um painel centralizado que integra vários módulos importantes. Por meio desses módulos, as operações críticas em terra e aéreos, incluindo gerenciamento de recursos, agendamento, informações de voo, estacionamento e faturamento, são trabalhadas de maneira automatizada e inteligente, contribuindo para níveis mais altos de eficiência e minimizando erros humanos. O sistema está sendo implementado em partes a tempo para o movimentado período de verão do aeroporto. Nos próximos meses, o terminal também adotará um novo Sistema de Reconciliação de Bagagens, que fornecerá melhor gestão a todos os parceiros do aeroporto no manuseio da bagagem despachada, aumentando a segurança e reduzindo a probabilidade de manipulação indevida.

Fonte: Revista FLAP

Gol oferece WhatsApp a bordo de graça durante 30 dias …

A Gol vai liberar o wi-fi a bordo para o uso de WhatsApp, Facebook Messenger e iMessage a partir de amanhã (22) e pelos 30 dias seguintes. A tecnologia poderá ser acessada por meio do pacote exclusivo para mensagens do Gol Online, a plataforma de conectividade e entretenimento da aérea.

A Gol reitera que, após a aquisição gratuita do pacote de mensagens, não será possível realizar a conexão em outro pacote no mesmo dispositivo. Para usar outros serviços, como acesso aos navegadores, redes sociais e demais funcionalidades da internet, será necessário adquirir outros tipos de pacotes, que você pode checar clicando aqui.

O serviço é válido para as 93 aeronaves da Gol que contam com wi-fi, de um total de 121. A meta da companhia é equipar toda sua frota com a tecnologia até o fim deste ano.

Fonte: PANROTAS