norwegian22

Air Europa, Norwegian e Sky: as aéreas interessadas em entrar no Brasil …

norwegian22

Em meio a uma crise política que tem bagunçado a discussão e o andamento de projetos prioritários para o país, o Congresso pode fazer uma espécie de milagre nesta quarta-feira. No limite do prazo legal, os legisladores caminham para aprovar a medida provisória que permite que companhias aéreas estrangeiras controlem empresas de aviação no país. Ontem, o texto-base da lei passou na Câmara dos Deputados, que também aceitou um destaque proibindo a cobrança pelas bagagens despachadas nos voos. Nesta quarta-feira, é a vez de o Senado votar.

A medida provisória que aumenta de 20% para 100% a participação máxima que uma empresa estrangeira pode ter em companhias aéreas locais foi editada em dezembro pelo então presidente Michel Temer. Sem a aprovação do Congresso, porém, perderia o efeito em 120 dias – ou seja, hoje. Até segunda-feira, o projeto parecia caminhar a passos largos para perder validade, mas um acordo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com o Centrão permitiu a votação.

“Parece que os legisladores compreenderam a importância da medida que libera o capital estrangeiro”, diz Adriana Simões, sócia do escritório de advocacia Mattos Filho. “Com a liberação, o mercado da aviação no país poderá receber muito mais investimentos.”

Já há empresas de fora posicionadas para entrar no Brasil. A espanhola Globalia, que controla a companhia aérea de baixo custo Air Europa na semana passada pediu registro na Junta Comercial de São Paulo. Na tarde desta quarta, a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil realiza uma reunião extraordinária para avaliar se deve conceder uma autorização para a empresa operar no país.

A norueguesa Norwegian e a chilena Sky também começaram recentemente a estudar as oportunidades no país. A primeira criou uma linha regular do Rio de Janeiro para Londres e a segunda operou voos de capitais no Sul e Sudeste para Santiago durante o verão. Devem ser as próximas a pleitear a licença para rotas domésticas no Brasil.

Ainda é preciso entender se a cobrança pelas bagagens, proibida novamente após dois anos da autorização, pode diminuir o apetite das empresas que operam no modelo de baixo custo. Mas o interesse pelo mercado local e o avanço na legislação são boas notícias em um momento em que o setor vive a tensão do esfacelamento da Avianca Brasil. Com novos competidores, os efeitos negativos do desmonte da empresa controlada pelos irmãos Germán e José Efromovich nos preços das passagens e nos empregos de tripulantes podem ser minimizados.

Fonte: Exame Aviação

Delta inaugura nova sala VIP no Aeroporto de Austin

Delta inaugura nova sala VIP no Aeroporto de Austin …

Delta inaugura nova sala VIP no Aeroporto de Austin

A companhia aérea norte-americana anunciou a abertura do mais novo Delta Sky Club no Aeroporto de Austin-Bergstrom, no Texas, desde o último dia 21 de maio. O espaço está convenientemente localizado perto dos portões de embarque e possui um pátio ao ar livre que pode ser utilizado durante todo o ano, bar completo que inclui coquetéis e vinhos sazonais, além de cerveja e ofertas de comida sazonais rotativas inspiradas na região, como tacos artesanais e pratos de churrasco. O local também oferece áreas de estar confortáveis, Wi-Fi de alta velocidade e tomadas elétricas em quase todos os assentos. A partir de Austin, a Delta oferece 28 partidas com serviço ininterrupto para todos os hubs dos EUA, incluindo três voos diários para Los Angeles e Nova York, conectando viajantes com mais de 300 destinos. A empresa também oferece serviço diário sem escalas para outros destinos importantes em Austin, incluindo Boston e Raleigh, na Carolina do Norte.

Fonte: Revista FLAP

Paraguai, Paraguai passa exigir o certificado de vacina de febre amarela, Portal Aviação Brasil

Paraguai passa exigir o certificado de vacina de febre amarela …

Paraguai, Paraguai passa exigir o certificado de vacina de febre amarela, Portal Aviação Brasil

Desde 10 de maio de 2019, o Ministério da Saúde Pública do Paraguai passou a exigir o Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela de todos os passageiros com mais de um ano de idade e que estejam viajando entre o Brasil e Paraguai (origem ou destino).

O Certificado deve ser apresentado no aeroporto de origem comprovando que o passageiro tenha tomado a dose da vacina com, pelo menos, dez dias de antecedência da data da viagem ao Paraguai. Se isso não acontecer, o cliente não poderá embarcar.

Hoje, com destino a Assunção, temos voos de Curitiba, pela Paranair, e de Guarulhos, pela Gol e pela Latam Airlines Paraguay, que em 15 de dezembro, iniciará voos de Brasília para o destino.

Fonte: Aviação Brasil

Delta TechOps recebe prêmio anual de melhor oficina de motores

Delta TechOps recebe prêmio anual de melhor oficina de motores …

Delta TechOps recebe prêmio anual de melhor oficina de motores

A divisão Delta TechOps foi eleita a melhor reparadora de motores no 11º prêmio anual “Top Shop Awards”, marcando o sexto ano consecutivo do reconhecimento. Como um dos prêmios de manutenção da aviação mais cobiçados do mundo, o Top Shop reconhece as empresas que oferecem excelente suporte ao cliente, tempos menores de conclusão do serviço e mão-de-obra qualificada. Os vencedores são indicados e selecionados por colegas do setor e neste ano, o processo de seleção recebeu mais de 7.800 indicações em 22 categorias de reparos, o mais competitivo desde a criação do prêmio. A Delta TechOps é o maior grupo de manutenção de aviação na América do Norte e sua força de trabalho é composta por mais de 10 mil técnicos, engenheiros e outros funcionários de suporte. Ela fornece manutenção completa para mais de 850 aeronaves da companhia aérea e seus motores, além de serviços para mais de 150 outras operadoras, transportadoras de carga e órgãos militares e do governo por meio da divisão de MRO. Com a expansão de capacidade e novas instalações, a Delta espera aumentar a linha principal dos negócios de manutenção em US$ 1 bilhão por ano nos próximos cinco anos.

Fonte: Revista FLAP

Lufthansa melhora a experiência de viagem em rotas de curta e média distância

Lufthansa melhora a experiência de viagem em rotas de curta e média distância …

Lufthansa melhora a experiência de viagem em rotas de curta e média distância

Os passageiros da companhia aérea Lufthansa podem agora desfrutar de uma nova experiência em voos de curto e médio curso. A empresa recebeu seu primeiro jato Airbus A321neo equipado com assentos melhorados para uma viagem mais confortável. O estofamento full-frame bem como o encosto, garantem uma sensação agradável de sentar devido a uma distribuição de pressão ergonômica. Em razão da inovadora modernização do encosto, os viajantes desfrutam de ainda mais liberdade pessoal. Isto é conseguido através do arranjo horizontal recentemente desenvolvido da bolsa acima da mesa. Além disso, a viagem é mais confortável não apenas durante o voo, mas também durante a rolagem, decolagem e pouso já que em vez de 12 graus durante estas três fases, os passageiros viajam com uma inclinação de 20 graus do encosto e os viajantes da classe executiva podem colocar o encosto em até 26 graus durante o voo de cruzeiro. Cada fileira de assentos tem suas próprias portas USB no padrão atual e futuro, que estão sendo oferecidas pela primeira vez no Grupo Lufthansa em rotas de curta distância. No futuro, os passageiros poderão colocar seus próprios tablets de maneira mais conveniente.

Fonte: Revista FLAP

Azul amplia operações entre Pato Branco e Curitiba

Azul amplia operações entre Pato Branco e Curitiba …

Azul amplia operações entre Pato Branco e Curitiba

A cidade de Pato Branco ganhou a partir do último dia 21 de maio, mais quatro frequências semanais para Curitiba. Com a certificação do aeroporto pela Agência Nacional de Aviação Civil, a companhia aérea Azul ampliou o serviço para a localidade, passando de um para cinco voos semanais. As ligações oferecem possibilidades de conexão na capital paranaense para mais de 100 destinos domésticos e internacionais operados pela empresa. A ampliação acontece cerca de quatro meses após o pouso do primeiro voo comercial na cidade, em 10 de janeiro deste ano. Com mais operações, a população de Pato Branco e região têm mais alternativas para chegarem até Curitiba e uma oferta de conexões imediatas para Campinas, São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Recife, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Porto Alegre e Campo Grande, além dos outros sete destinos paranaenses. As operações continuarão sendo realizadas com as aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 passageiros. Foto: Homenagem ao fotógrafo Benito Latorre

Fonte: Revista FLAP

Divisão de aviação executiva da Qatar anuncia expansão

Divisão de aviação executiva da Qatar anuncia expansão …

Divisão de aviação executiva da Qatar anuncia expansão

A divisão de jatos executivos da companhia aérea Qatar Airways está comemorando dez anos de sucesso durante a EBACE com o anúncio dos planos de abrir novos escritórios em Xangai, na China; Moscou, na Rússia e Londres, no Reino Unido, até o final deste ano, além de receber duas novas certificações adicionais. A expansão da Qatar Executive permitirá que ela ofereça serviço personalizado para clientes de negócios e lazer em escala global, independentemente de onde eles estejam localizados. Além disso, pela primeira vez desde a sua criação em 2009, a unidade passou por uma auditoria em dois padrões internacionais em abril de 2019: IS-BAO e Wyvern Wingman. Esses são dois padrões de segurança de aviação internacionalmente reconhecidos nos campos de negócios e jatos fretados. O IS-BAO é baseado nos padrões ICAO, enquanto o Wyvern, utilizado no mercado dos EUA, também segue o padrão IS-BAO, mas exige requisitos adicionais rigorosos. As auditorias concentraram-se entre outros assuntos críticos, no Sistema de Gerenciamento de Segurança (SMS). A Qatar Executive opera atualmente uma frota de 16 jatos particulares de última geração, incluindo cinco Gulfstream G650ER, três G500, três Bombardier Challenger 605, quatro Global 5000 e um Global XRS. Em 2019, a divisão deve receber mais cinco G500 e um G650ER.

Fonte: Revista FLAP

Dassault Falcon celebra dez anos do centro de serviços em Sorocaba

Dassault Falcon celebra dez anos do centro de serviços em Sorocaba …

Dassault Falcon celebra dez anos do centro de serviços em Sorocaba

O centro de serviços de propriedade da fabricante Dassault Falcon em São Paulo, Brasil, celebrou recentemente seu aniversário de dez anos. Localizado no Aeroporto de Sorocaba, a unidade de mais de 2.000 metros quadrados tem crescido significativamente em mão-de-obra, capacidade e estoque de peças de reposição desde sua abertura. Os investimentos no último ano incluem a adição de ferramentas para realizar verificações de nível “B” para jatos registrados no Brasil da família Falcon 7X e Falcon 2000, e a criação de um programa de Avaliação Pré-Compra (PPE) para aqueles que consideram adquirir um exemplar usado. O programa inclui uma avaliação física completa da aeronave, verificações operacionais de sistemas e uma pesquisa de registros detalhados. O centro possui certificação da ANAC, FAA, EASA e de autoridades de aeronavegabilidade da Argentina, Bermudas e Uruguai. Está autorizada a realizar a manutenção da linha e a maioria das inspeções principais nos modelos das séries Falcon 50, 900 e 2000, bem como no Falcon 7X e 8X. Além das inspeções e serviços de revisão na estrutura da aeronave, a fábrica pode realizar manutenção da linha de motores nos modelos CFE-738; Honeywell TFE731 e Pratt & Whitney Canada PW307A, PW307D e PW308C. A unidade também possui uma força tarefa prioritária para fornecer uma resposta móvel rápida diretamente para uma aeronave em qualquer lugar da América do Sul com as peças e ferramentas necessárias para fazer um Falcon voar com o mínimo de atraso. A unidade detém mais de 5 milhões de dólares em peças de alto consumo localizadas em São Paulo e Sorocaba. As instalações também podem acomodar até quatro aparelhos ao mesmo tempo. O contínuo investimento e crescimento em torno do aniversário de dez anos de Sorocaba vem na sequência de grandes aquisições no início deste ano, que expandiram drasticamente a presença global da empresa no atendimento ao cliente. Em janeiro, a Dassault Aviation adquiriu as atividades de MRO da ExecuJet, reforçando a presença da empresa na zona Ásia-Pacífico, Oceania, Oriente Médio e África. Em fevereiro, a empresa adquiriu as atividades do tipo da TAG Aviation, reforçando sua rede de centros de serviços europeus. A empresa também continua a reforçar a sua rede de apoio ao cliente na China e região.

Fonte: Revista FLAP

Bombardier anuncia novo acordo para entregar até sete jatos Global 7500

Bombardier anuncia novo acordo para entregar até sete jatos Global 7500 …

Bombardier anuncia novo acordo para entregar até sete jatos Global 7500

A fabricante canadense Bombardier anunciou que a empresa HK Bellawings Jet Limited assinou uma carta de intenções para cinco novos jatos executivos Global 7500 e também exerceu opções para dois exemplares do tipo, como parte do acordo inicial firmado em maio do ano passado. Esta notícia surge no momento em que o principal modelo da companhia é apresentado pela primeira vez na Conferência e Exposição Europeia de Aviação Executiva (EBACE), em Genebra. Fundada em 2014, a companhia com sede em Hong Kong é dedicada a fornecer uma gama diversificada de serviços e soluções profissionais, altamente eficientes e abrangentes para o segmento, incluindo gerenciamento de jatos executivos, manutenção de aeronaves, serviços de concierge de viagens e de aquisição de aviões, além de consultoria em aviação executiva, possuindo uma frota de aeronaves Challenger e Global.

Fonte: Revista FLAP

Exercícios operacionais marcam o momento da Aviação de Patrulha na FAB

Exercícios operacionais marcam o momento da Aviação de Patrulha na FAB …

Exercícios operacionais marcam o momento da Aviação de Patrulha na FAB

O dia da Aviação de Patrulha é celebrado na FAB em 22 de maio. Nessa data, há 77 anos, em meio à Segunda Guerra Mundial, pilotos brasileiros a bordo do B-25 Mitchell, atacaram o submarino italiano Barbarigo. Quatro dias antes, ele havia lançado torpedos contra um navio brasileiro, o Comandante Lyra. Atualmente, a aviação é composta por três unidades aéreas que têm a missão de ajudar a defender a extensão marítma de responsabilidade do Brasil que faz parte da Dimensão 22. A interoperabilidade promovida pelo trabalho conjunto com a Marinha é palavra-chave para a Aviação de Patrulha. Uma dessas ações de cooperação, com 15 horas de voo nos litorais gaúcho e catarinense, resultou em multa a pelo menos cinco embarcações que foram identificadas pelo Esquadrão Phoenix e apresentavam irregularidades. Além da participação em exercícios técnicos da própria Força, o destaque de 2019 é a atuação do Esquadrão Orungan na Operação UNITAS, exercício marítimo multinacional mais antigo organizado pelos Estados Unidos que neste ano, será sediado e liderado pela Marinha do Brasil. Por outro lado, busca de homem ao mar e apoio no combate à pesca ilegal, essas foram as mais importantes missões realizadas pelo Esquadrão Netuno nos últimos meses. Somente em dois acionamentos, foram voadas mais de 30 horas. No primeiro, a missão teve como objetivo esclarecer uma área com uma embarcação que supostamente praticava ilícitos. No segundo, a aeronave P-95 Bandeirulha foi engajada na busca a uma pessoa desaparecida no litoral cearense. Mais informações no portal www.fab.mil.br. Foto: CECOMSAER/Sgto. Johnson Barros

Fonte: Revista FLAP