bravsec_jul_post9_blog

Inscreva-se para o lançamento do 6º Anuário Brasileiro de Aviação Civil

O Instituto Brasileiro de Aviação (IBA) lançará no dia 24 de agosto a 6ª Edição do Anuário Brasileiro de Aviação Civil, em um evento online gratuito. A publicação apresenta diversas estatísticas do setor aéreo como análises mercadológicas, operacionais e econômicas com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da aviação.

Nesta edição, além das atualizações sobre as tendências do setor e os dados de mercado, o anuário contará também com informações e análises sobre a retomada da aviação diante da pandemia de Covid-19.

Clique aqui e acesse o site do IBA para mais informações sobre a transmissão do evento e inscrições.

bravsec_jul_post7_blog

Setor aéreo prevê custo adicional de R$ 5 bilhões no ano

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), o fim da isenção de PIS/Cofins e de imposto de importação para peças e partes de aeronaves “ameaça a capacidade de retomada do setor a partir de 2022”, ao gerar um custo adicional de aproximadamente R$ 5 bilhões por ano, considerando a aviação geral e demais integrantes da cadeia do transporte aéreo.

A Abear e outras oito entidades setoriais lançaram um manifesto demonstrando “preocupação” com o Projeto de Lei 2337/21, que trata de mudanças no imposto sobre a renda no âmbito da reforma Tributária. “O projeto de lei acaba com essas duas isenções históricas, que devem ter mais de 30 anos, e vai na contramão da reinserção do Brasil no caminho da retomada”, afirmou ao Broadcast o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz.

Segundo o dirigente, estes tributos não são cobrados no mercado externo e a decisão de isentar as empresas do setor no Brasil se deve aos altos custos de operação no País, notadamente com querosene de aviação e a carga tributária em geral.

O custo bilionário adicional por ano poderá ser gerado porque o PL 2337/21 restabelece PIS/COFINS sobre importação e venda no mercado interno de aeronaves, partes e peças e serviços de manutenção e Imposto de importação e Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre partes e peças e uma série de elementos necessários à manutenção de aeronaves.

Historicamente, a aviação recebeu incentivos fiscais no Brasil. Mas o governo atual demonstra que quer acabar com tratamentos diferenciados. “Os projetos de lei da reforma tributária não foram sensíveis ao setor aéreo pois o governo vem tentando acabar com incentivos para determinadas atividades da economia”, destaca o especialista em direito tributário Alexandre Gleria, sócio do ASBZ Advogados.

Algumas entidades ligadas à aviação devem se reunir nos próximos dias justamente para discutir o tema. Além da Abear, assinam o documento a Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA), a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês), a Junta de Representantes das Companhias Aéreas Internacionais no Brasil (JURCAIB), a Associação Brasileira da Aviação Geral (ABAG), a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Auxiliares ao Transporte Aéreo (ABESATA), o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA), o Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo (SNETA) e o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (SINDAG).

bravsec_ago_post4_blog2

Companhia anunciou 220 aeronaves elétricas para voar nas cidades

Uma parceria bilionária.

A Azul Linhas Aéreas anunciou uma parceria de US$ 1 bilhão com a Lilium, desenvolvedora alemã de eVTOLs (sigla em inglês para veículo elétrico de decolagem e pouso vertical) e terá frota de “carros voadores” no Brasil em 2025.

A entrega de 220 aeronaves está prevista para daqui quatro anos. A parceria deve ser consolidada em breve. As empresas aguardam a finalização dos termos comerciais e das documentações definitivas desse acordo.

Estas aeronaves, também conhecidas como “carros voadores” são parecidas com drones para transporte de passageiros adaptados para voar dentro da cidade ou percorrer curtos trajetos entre municípios, de até 20 km.

Quem também aposta no futuro da mobilidade aérea urbana com os carros voadores é a Embraer. A Eve Urban Air Mobility, braço da Embraer, desenvolve o seu próprio eVTOL (sigla para carro elétrico voador) e recentemente fechou parceria para operar o modelo em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e outras grandes cidades em países da América do Sul.

Além disso, a startup firmou acordos comerciais para exportar o veículo para os mercados dos Estados Unidos e Europa. A Eve também mira o mercado asiático, com operação de eVTOLs para táxi aéreo.

bravsec_ago_post1_blog

Programa Voo Simples reduz custos para empresas aéreas

Lançado em outubro de 2020 pelo Ministério da Infraestrutura, Voo Simples é um programa do Governo Federal para simplificar e desburocratizar o setor de aviação civil brasileiro. As iniciativas serão constantemente revistas e novas ações poderão ser incorporadas ao programa.

“O nosso Código é da década de 80 e até hoje não conseguimos alterar ele. E a aviação avançou muito neste período”, disse Ronei Glanzmann, secretário nacional de Aviação Civil (SAC).

O que já foi feito pela MP: simplificação do registro de aeronaves, ampliação de pistas para operações aeroagrícolas e fim da exigência de plano de zoneamento de ruídos para aeródromos privados já são ações concluídas pelo Programa Voo Simples.

Atualmente, o programa contempla mais de 60 ações em parceria com a ANAC e aproximadamente de 200 sugestões estão em análise e independentemente se a proposta seja exequível ou não, a agência buscará responder todos os proponentes em um prazo de até 30 dias após o recebimento da contribuição.

Mais informações: Anac

 

bravsec_post3.7.3_blog

Você vai precisar de caixa de transporte, coleira, identificação…

Pra começar, é importante que o gato esteja acostumado com a caixa de transporte, de preferência desde filhote. No entanto, se o gato for mais velho, uma boa opção é atraí-lo colocando itens de que ele goste dentro da caixa, como cobertores, brinquedos e petiscos. Para auxiliar e diminuir o estresse é indicado utilizar feromônios específicos para gatos. Para utilizar esse método, é fundamental consultar um veterinário de confiança antes.

Aliás, antes de viajar procure o médico veterinário de confiança. As mudanças repentinas de ambiente podem ser estressantes para os gatos. É importante ter esses pequenos cuidados antes de viajar. E é obrigatório estar com as vacinas em dia, então, já aproveita e resolve tudo de uma vez na consulta. Para viagens de avião é exigida a carteira de vacinação em dia – em especial, a vacina antirrábica, obrigatória para viagens nacionais e internacionais. Ela é exigida para animais que tenham mais de três meses de idade, e deve ser aplicada 30 dias antes da viagem, caso essa seja a primeira dose do animal. Sua validade é de 1 ano.

Em viagens em território nacional, além da caixa de transporte (de material e tamanho indicados pela empresa aérea), também são exigidos o atestado de saúde, com validade de 10 dias, feito por um médico veterinário vinculado ao CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária), e a carteira de vacinação atualizada. É necessário fazer um contato com a companhia aérea antes mesmo de comprar a passagem, para verificar todas as regras e definir se o seu gatinho vai viajar na cabine ou no compartimento de cargas. Além disso, em cada empresa aérea, é cobrada uma taxa para o transporte do animal.

Já para viagens internacionais com gatos, as exigências são ainda maiores, dado que devemos seguir as regras do nosso país e do país de destino. Além das exigências para voos nacionais (caixa de transporte, atestado médico e carteira de vacinação atualizada), é obrigatório o Certificado Zoo Sanitário Internacional (CZI), emitido pelo Ministério da Agricultura. Como existem regras específicas para cada companhia e para cada país, o indicado é que você entre em contato com a empresa desejada com antecedência, além de pesquisar sobre a legislação para a entrada de animais no país que pretende visitar. Em viagens internacionais também é cobrada uma taxa para o transporte do animal.

 

Fonte: Zoom

bravsec_post2.7.2_blog

AirConnected 2021 amplia alcance da pauta de transporte aéreo

Com o tema “Transporte aéreo resiliente, flexível e tecnológico” entre os dias 01 e 03 de setembro acontecerá o AirConnected, em São Paulo (SP). O evento será no formato híbrido, com ação presencial on-line ao vivo e será em paralelo ao Connected Smart Cities & Mobility, mais importante iniciativa de cidades e mobilidade urbana do país.

Abordagens do AirConnected 2021

Tecnologia, Segurança & Automação: com ênfase em inovação e conectividade; experiência sensorial e emocional do passageiro; automação; autoatendimento; e processamento e localização da bagagem.

Tendências da Mobilidade Aérea: a proposta é debater com profundidade sobre eVTOL (veículo voador elétrico para uso urbano); táxi aéreo; drones; MaaS (Mobilidade como um serviço); e mobilidade aérea integrada ao planejamento de transporte multimodal.

Meio Ambiente: trará abordagem sobre sustentabilidade e licenciamento ambiental.

Gerenciamento & Regulação: com as pautas sobre regulação e certificação; gestão de stakeholders; interoperabilidade; governança; e formação de mão de obra.

Construção & Design: sobre os modelos de infraestrutura; arquitetura; construção e instalações; modelos de financiamento; como o investimento necessário será obtido; e parcerias público-privadas (PPs).

Torre de Controle: controle de tráfego aéreo e sistemas de equipamentos.

Operações: companhias aéreas; serviços auxiliares de transporte aéreo; e equipamentos para rampa e pátio.

Varejo, Serviços e Publicidade Aeroportuária: modelos de receita; descrição de como as receitas serão geradas; fluxo de renda; mapa do aeroporto (roteiro com opções de serviços, varejo, restaurantes); conceito comercial em aeroportos (lojas: arquitetura da área comercial, influência da cultura local e perfil do cliente em aeroportos).

Publicidade: com abordagem sobre vantagem da publicidade em aeroportos; campanhas locais, regionais, nacionais e internacionais.

Edição histórica

Sob o tema Futuro pós-coronavírus: a interligação do ecossistema para manter o mundo conectado,  o Air Connected 2020 reuniu os principais atores do setor de transporte aéreo para debater sobre as perspectivas para o ecossistema. A iniciativa contou com aproximadamente 100 palestrantes, 3 mil participantes e mais de 16 mil acessos aos conteúdos.

bravsec_jun_post12_blog

Terceirização de tripulantes: esclarecimentos sobre os impactos

A Medida Provisória 1.029/21 editada em fevereiro deste ano, que altera a relação trabalhista dos tripulantes de aeronaves operadas por órgãos públicos, decorre da aprovação pelo Senado Federal.

A Lei do Aeronauta (Lei 13.475, de 28 de agosto de 2017), determina em seu artigo 20 que a função remunerada dos tripulantes a bordo de aeronave deverá, obrigatoriamente, ser formalizada por meio de contrato de trabalho firmado diretamente com o operador da aeronave.

Uma terceirização ampla dos tripulantes pode acarretar não apenas a precarização da profissão de tripulante de aeronave, mas, principalmente, pode afetar de forma contundente a segurança de voo nas operações aéreas em todo país.

Entenda: aeronautas.org.br/

bravsec_jun_post11_blog

Estão abertas as inscrições para os cursos de julho!

O nosso Centro de Treinamentos capacita profissionais que para desempenharem atividades de segurança da aviação civil.

Estão abertas as inscrições para os cursos de julho!

Macaé (RJ) :: Curso Básico – Integral – nos dias 05 a 09/07

Pampulha (MG) :: Curso Básico – Manhã – nos dias 05 a 09/07

Pampulha (MG) :: Curso Básico – Tarde – nos dias 05 a 09/07

Guaruhos (SP) :: Curso Inspeção – Integral – nos dias 12 a 16/07

Maceió (AL) :: Curso Inspeção – Integral – nos dias 12 a 16/07

Manaus (AM) :: Operador Aéreo – Integral – nos dias 12 a 16/07

Guaruhos (SP) :: Operador Aeródromo – Integral – nos dias 19 a 23/07

Recife (PE) :: Curso Básico – Integral – nos dias 19 a 23/07

Recife (PE) :: Curso Inspeção – Integral – nos dias 25 a 28/07

Mais informações, escreva para WhatsApp (11) 4307-5809 ou envie e-mail ao centrodetreinamento@bravsec.com.br

#aeroporto #airport #cursos #cursosavsec #avsec

bravsec_jun_post6_blog

Curso de Inspeção – Integral

As inscrições estão abertas!

Curso de Inspeção – Integral – nos dias 28/06 a 02/07

Parintins (AM) – Formação

Mais informações, escreva para WhatsApp (11) 4307-5809 ou envie e-mail ao centrodetreinamento@bravsec.com.br

#bravsec #Bravsec10anos #aeroporto #airport #cursos #cursosavsec #avsec #Parintins

bravsec_jun_post5_blog

Cursos em Guarulhos (SP)

As inscrições estão abertas!

Guarulhos (SP)

Curso Básico – Integral – nos dias 28/06 a 02/07

Curso de Inspeção – Tarde – nos dias 21 a 25/06

Mais informações, escreva para WhatsApp (11) 4307-5809 ou envie e-mail ao centrodetreinamento@bravsec.com.br

#bravsec #Bravsec10anos #aeroporto #airport #cursos #cursosavsec #avsec #Guarulhos