Embraer lança sistema de manutenção preditiva baseado em nuvem …

Embraer lança sistema de manutenção preditiva baseado em nuvem

A fabricante brasileira Embraer anunciou o lançamento do IKON, sistema em nuvem para captação, armazenamento e análise de alto volume de dados para manutenção preditiva da família de E-Jets. O novo programa é totalmente baseado na plataforma da Amazon Web Services (AWS) e foi desenvolvido pela Embraer, com apoio dos fornecedores AWS ProServe e Claranet, utilizando tecnologias de Big Data e Analytics para oferecer um ganho de 96% de produtividade em análise e processamento de dados das aeronaves, estabelecendo novos padrões em serviços e suporte aeronáuticos. Oferecendo um alto poder de escalabilidade, elasticidade, durabilidade e análise, o sistema entrega um gerenciamento eficaz da capacidade de processamento e armazenamento, fazendo com que a fabricante otimize os tempos de ingestão de dados dos E-Jets E2. Usando o conjunto de serviços analíticos da AWS, essa nova tecnologia identifica padrões de dados e é capaz de detectar e resolver problemas potenciais de aeronaves antes que eles ocorram. Essa capacidade de executar a manutenção preditiva ajudará a fornecer novos aprimoramentos de recursos ao E2 e a acelerar a entrega de melhorias aos modelos anteriores. Somado a isso, o sistema permite novos avanços no processo de digitalização da indústria aeronáutica. Hoje, a segunda geração de aeronaves comerciais da Embraer produz cerca de 100 GB de informações diretamente acessíveis por ano. Em razão de um sistema de roteamento e análise acelerado, esse alto volume de dados pode ser transmitido para uma ação imediata. Com o IKON, a coleta automática de dados passou de 12 dias para um processo imediato, garantindo que os dados estejam prontos para serem analisados ​​5 minutos após sua geração na aeronave. O alto volume de dados e a demanda por decisões mais rápidas e precisas exigem tecnologias capazes de captar, armazenar e conectar informações em rede. No momento em que o avião pousa, os dados são automaticamente transmitidos para o IKON por meio de um módulo instalado na aeronave chamado WSU (wireless server unit). Para assegurar o recebimento das informações com assertividade e agilidade, o Embraer Ground Server (EGS) utiliza a AWS para a conexão automática do avião a fim de permitir o download dos dados de voo. Após o pouso, a transmissão para a plataforma é feita em cerca de cinco minutos. Na sequência, migram para a camada de Data Lake do IKON, onde são disponibilizados para que os engenheiros analisem essas informações com eficiência.

Fonte: Revista FLAP

Gostou? Comparilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp
Shopping Basket