passaporte vacinal

Viajantes não vacinados terão que cumprir quarentena de cinco dias ao chegar ao Brasil

A partir de sábado (11/12), os viajantes que entrarem no Brasil por via aérea precisarão apresentar, além do teste com resultado negativo para a Covid-19, comprovante de vacinação contra a doença. Quem não estiver imunizado precisará fazer quarentena de 5 dias na cidade de destino.

Segundo nota da ANVISA, “a adoção do comprovante de vacina como ferramenta para controle de entrada de viajantes no país é uma medida que alinha o Brasil a um movimento de alcance global e pavimenta o caminho para uma política de fronteiras guiada pela segurança sanitária.”

As pessoas que chegam no país e precisam ser submetidas à quarentena informam um local de isolamento ao governo, e o monitoramento é feito pelos Centros de Informação em Saúde municipais e estaduais.

Os custos para uma pessoa não vacinada entrar no Brasil são altos: teste RT-PCR negativo até 72 horas antes; hospedagem em local que possibilite quarentena; e um novo teste RT-PCR negativo ao fim do isolamento. O endereço da quarentena deve ser comunicado na declaração do viajante.

Técnicos da Anvisa veem esse protocolo como um desestímulo à recepção dos não vacinados e reproduzem as orientações técnicas da Agência estabelecidas para o transporte aéreo.

“A Anvisa reitera que as medidas de fronteira devem ser reavaliadas permanentemente e revistas a partir dos resultados alcançados e em razão da evolução do cenário epidemiológico. “, diz nota publicada no site da ANVISA.

bravsec_mar_post6_blog

Confira os tipos de máscaras proibidas a partir do dia 25

 

Atenção, passageiros!

A partir do dia 25 de março, quem precisar viajar de avião, deverá estar atento aos tipos de máscaras que NÃO serão permitidas nos aeroportos e aeronaves, de acordo com as novas regras da ANVISA para o combate à Covid-19.

 

  • Máscaras de acrílico ou plástico transparente
  • Máscaras com apenas uma camada
  • Bandanas e lenços
  • Máscaras com válvula de respiração
  • Face Shield (sem máscara de proteção por baixo)