Viajantes não vacinados terão que cumprir quarentena de cinco dias ao chegar ao Brasil

A partir de sábado (11/12), os viajantes que entrarem no Brasil por via aérea precisarão apresentar, além do teste com resultado negativo para a Covid-19, comprovante de vacinação contra a doença. Quem não estiver imunizado precisará fazer quarentena de 5 dias na cidade de destino.

Segundo nota da ANVISA, “a adoção do comprovante de vacina como ferramenta para controle de entrada de viajantes no país é uma medida que alinha o Brasil a um movimento de alcance global e pavimenta o caminho para uma política de fronteiras guiada pela segurança sanitária.”

As pessoas que chegam no país e precisam ser submetidas à quarentena informam um local de isolamento ao governo, e o monitoramento é feito pelos Centros de Informação em Saúde municipais e estaduais.

Os custos para uma pessoa não vacinada entrar no Brasil são altos: teste RT-PCR negativo até 72 horas antes; hospedagem em local que possibilite quarentena; e um novo teste RT-PCR negativo ao fim do isolamento. O endereço da quarentena deve ser comunicado na declaração do viajante.

Técnicos da Anvisa veem esse protocolo como um desestímulo à recepção dos não vacinados e reproduzem as orientações técnicas da Agência estabelecidas para o transporte aéreo.

“A Anvisa reitera que as medidas de fronteira devem ser reavaliadas permanentemente e revistas a partir dos resultados alcançados e em razão da evolução do cenário epidemiológico. “, diz nota publicada no site da ANVISA.

Gostou? Comparilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on whatsapp
Shopping Basket